sexta-feira, 30 de novembro de 2012

“Benefícios do dízimo”


Existem inúmeras bênçãos prometidas aos que obedecem à Palavra de Deus, principalmente aos que são fiéis nos dízimos e ofertas. Vejamos o que a Bíblia diz sobre os benefícios da fidelidade em dizimar ao Senhor.

1)   Materializa sua fé – Quando você dizima está provando materialmente o que está em seu coração. Mostra que você crê que seu sustento vem de Deus, que Ele supre cada uma de suas necessidades, e por isso devolve a parte que Lhe pertence, pois crê que não fará falta, mas redundará em mais prosperidade. Observe o exemplo do maná que Deus fez cair do céu para alimentar o seu povo no deserto. Eles só podiam colher a quantia certa para cada dia. Se alguém colhia a mais para guardar, o maná apodrecia. Deus estava ensinando-os a confiar e depender Dele.

2) Reafirma sua honestidade – Aquele que não dizima está retendo o que não é seu, está usando o que pertence a Deus, está sonegando, e o próprio Deus o chama de ladrão. “Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas.” Malaquias 3.8. (Leia o texto todo em sua Bíblia). Se a pessoa é capaz de roubar a Deus, como não agirá com os homens?

3) Confirma sua “sociedade” com Deus – Quando você dizima, está assinando seu contrato de sócio de Deus. E, lembre-se: nesta transação, Ele é o sócio minoritário, pois fica com apenas 10% dos rendimentos. Mas Ele faz de você seu sócio majoritário, pois fica com os 90% restantes e ainda recebe Dele mesmo juros, acréscimos e multiplicação.

4)Liberta você de muitos males, dentre ele: o materialismo, o consumismo, a compulsão em gastar e outros vícios – Quando você se torna sócio de Deus recebe a responsabilidade sobre todo o movimento dos bens desta sociedade. Preste atenção: tudo que você domina é aquilo que você consegue abrir mão. Quando não consegue liberar, é porque ainda está dominado por aquela coisa. Quando você dizima, Deus lhe enche do Espírito Santo e você começa a frutificar do Espírito. Um dos frutos do Espírito chama-se Temperança, ou “Domínio Próprio”. Este fruto permite que você domine e nunca seja dominado.

5) Ensina a liberalidade – Se você crê que Deus é quem o sustenta, você não tem nenhuma dificuldade em abrir mão para a obra da Igreja, para missões, ou para ajudar um irmão mais necessitado. Você é curado da “mão mirrada” e se torna uma abençoador liberal.

6) Bloqueia toda a ação do maligno – Observe o texto: “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na Minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o Senhor... E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra, e a vossa vide não será estéril no campo, diz o Senhor dos Exércitos.” O dízimo funciona como um antídoto contra as ciladas do maligno, ele é um escudo invisível contra todo tipo de males e perdas: doenças, gastos excessivos com remédios, consertos inesperados, dívidas, juros, ágil, etc.

7) Materializa a ação de Deus em sua vida – Como no texto que acabamos de ler, o dízimo é “prova” de Deus é Deus. Ele multiplica os 90% que fica sob seus cuidados milagrosamente, mostrando assim que Ele cumpre tudo que prometeu em Sua Palavra.

Se você ainda não é fiel em seus dízimos e ofertas, não sabe as bênçãos que estão lhe esperando. Faça um teste e depois compartilhe com seus irmãos.
Deus lhe abençoe abundantemente.

2 comentários:

  1. A paz do senhor meu irmão,bem feita sua explanação o ato de roubar o senhor causa transtornos para mais de mês, porém o ato de obediência nos protege de muitas situações desagradáveis no decorrer da nossa caminhada, as quais nós mesmos buscamos para nossa vida.

    ResponderExcluir